quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Festa da Família reúne mais de 1000 pessoas nos CRAS da Noroeste






As festas nos Centros de Referência de Assistência Social CRAS da Regional Noroeste contemplaram, neste ano, mais de 1000 pessoas. 






Atendidas por programas sociais que possuem o objetivo de integrar as famílias, desde crianças até melhor idade, incluídos no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos dos CRAS, os eventos contaram com a acolhida de cada um dos coordenadores que atuam nos cinco territórios, a saber: 





CRAS Coqueiral que fica na Vila Senhor dos Passos, CRAS Califórnia, CRAS Pedreira Prado Lopes, CRAS Vila Senhor dos Passos e a caçulinha da turma, CRAS Sumaré.










Em cada um dos equipamentos os seus respectivos coordenadores deram as boas-vindas aos presentes.











Nas várias programações, as famílias assistiram a apresentações de dança, música e teatro, participaram de oficinas de artesanato, caixa de presente, dança de salão e assessórios, conduzidos pelos educadores e participaram de um momento especial,
  



onde confraternizaram com várias outras famílias, acompanhadas de um cardápio especialmente preparado para as comemorações de final de ano.  

O CRAS Vila Coqueiral na 4ª edição do Prêmio InovaRH 

O CRAS Vila Coqueiral teve a satisfação de participar da 4ª edição do Prêmio InovaRH BH com o Projeto “Participação Social e Gestão Pública: novos caminhos para uma cultura sustentável em território de vulnerabilidade social”. Inscrito na modalidade “Avaliação, Implementação e Monitoramento de Políticas Públicas”, o trabalho foi premiado em 1º lugar no dia 16 de dezembro, durante cerimônia no Museu Abílio Barreto. 


De acordo com as psicólogas e analistas de políticas públicas Karina Santos e Mirelle Veloso, o Projeto surgiu a partir da escuta de moradores insatisfeitos com a situação do lixo na Vila da Paz. A equipe técnica passou, então, a abordar o tema nos atendimentos, tendo-se percebido ressonância entre outros usuários, que questionavam os hábitos da comunidade, bem como a ação do poder público. Em diálogo com usuários, o CRAS iniciou o planejamento de ações cuja principal marca foi o trabalho conjunto entre políticas públicas e sociedade civil. A partir daí foram realizados grupos focais para mobilização comunitária por meio de documentário produzido no território e intitulado “Terra Amada”. Nas cenas apresentadas sobre a história do lugar e de seus moradores, puderam-se levantar concepções da comunidade e construir com ela estratégias de trabalho em parceria.  Os moradores identificaram situações críticas e construíram planos de ação para a melhoria de espaços físicos na Vila da Paz, sobretudo com o objetivo de inspirar nas outras pessoas o desejo de cuidar do lugar – com foco na construção de novos hábitos sustentáveis no manejo de resíduos. 
O processo foi permeado por ações intersetoriais, das quais participaram o Programa de Recuperação da Bacia Hidrográfica da Pampulha (PROPAM), a SLU, Centro de Saúde Elza Martins e Centro de Saúde Pindorama, Zoonoses, COPASA, Defesa Civil, GERARI NO, CIAME Pindorama, e o Grupo de Estudos Ecologia Aplicada. Destaca-se que o projeto é amplo e inclui desde ações de reutilização de materiais recicláveis (como garrafas e caixas tetrapack para produção de aquecedor solar) até as práticas socioeducativas que se sabem muito processuais e geralmente lentas (como a criação de placas com mensagens escritas pelos próprios moradores e as atividades lúdico-ambientais com crianças da Creche Comunitária Eunice Lanza). “O efetivo apoio e participação da coordenação do CRAS / Espaço BH Cidadania foi imprescindível para o sucesso da iniciativa, o que reforça a demanda dos CRAS por coordenações com preparo e conhecimentos técnico-metodológicas no campo da Assistência Social”, afirma enfaticamente a equipe técnica do CRAS Vila Coqueiral. Novas ações estão em planejamento para 2017, como a revitalização coletiva do Ponto Verde, onde diversas árvores frutíferas estão plantadas. Acredita-se, e tem-se observado ao longo do ano de 2016, que quando a comunidade implica-se no processo, a apropriação que faz do produto do trabalho é diferente e potencializa a valorização e cuidado com aquilo que entende ser seu.  
A premiação do InovaRH é para a equipe técnica e coordenação do CRAS Vila Coqueiral o reconhecimento do esforço em valorizar o que a comunidade traz como demanda e transformar isso em trabalho conjunto numa perspectiva de cidadania autônoma. Espera-se que a participação em espaços como o do prêmio, algo tão significativo para o Coqueiral hoje, possa ampliar-se a outros CRAS e demais equipamentos da Política de Assistência Social, os quais apesar de precariedades historicamente conhecidas, têm práticas e profissionais que resistem e conseguem inventar novas saídas com foco nos microprocessos de mudança social.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Alto astral marcou a confraternização dos servidores da SARMU-NO

Música ao vivo e comida de boteco marcaram na última sexta-feira, 22 de dezembro, a confraternização de Natal, realizada pelo Gabinete da Secretaria de Administração Regional Municipal Noroeste para os funcionários do prédio. 

Na abertura do encontro o Secretário Mario Junior, saudou os presentes e enfatizou o trabalho em parceria, marca registrada de sua gestão à frente da Regional. Agradeceu o trabalho, dedicação e o comprometimento de todos. Ainda na sua fala, o secretário desejou um bom Natal a todos e um ano de muito trabalho.




Para a Gerente de Recursos Humanos da Regional Noroeste, Juliane Belico, Momentos assim, de encontros e confraternizações, se tornam super importantes para nós, servidores, pois ali vemos colegas que na correira dos nossos dias deixamos de ver, podendo colocar a conversa em dia e comemorar juntos o encerramento de mais um ano. Foi muito linda a festa e a participação de servidores de todas as áreas da Regional.

Já Raine Roberta, que encerra suas atividades no dia 29 de dezembro, afirmou que a festa foi em ritmo de despedida e que levará boas lembranças dos dois anos que aqui trabalhou, além de ensinamentos e amizades. “Foi uma confraternização com gosto de despedida, estava tudo muito bem arrumado, as pessoas alegres e sorridentes, valeu demais ter participado”, destacou a estagiária.